terça-feira, 17 de julho de 2018

O GRITO DO PAPA EM PROL DO MEIO AMBIENTE.

                                            

A Laudato Si é o grito do Papa em prol do meio ambiente

O Dicastério para o Desenvolvimento Humano Integral lançou um vídeo sobre o Congresso Internacional que marcou os três anos da publicação da Encíclica do Papa. Dom Leonardo Steiner faz seu balanço do evento no Vaticano.
Bianca Fraccalvieri – Cidade do Vaticano
O mercado é sem rosto, é impessoal: tem a ver com consumo, lucro, dominação e destruição: palavras do Secretário-Geral da CNBB, Dom Leonardo Steiner, comentando o congresso que marcou os três anos da Laudato Si do Papa Francisco.
O Dicastério para o Desenvolvimento Humano Integral foi o promotor do evento e lançou sexta-feira passada o vídeo contando os dias de trabalhos no Vaticano.
Dom Leonardo fez um balanço positivo do Congresso, recordando que a Laudato Si foi um grito do Papa e da Igreja a favor do meio ambiente.
Fonte: Vatican News

A IGREJA INVISÍVEL: PASTORAIS SOCIAIS

Veiculo da Missão: Me lembro como se fosse hoje, quando na história do Brasil, um Papa, visitou pela primeira vez esta terra da Santa Cruz.

Depois de algumas décadas, ainda posso ouvir a sua voz o seu clamor, gritando em meus ouvidos através de São João Paulo II;"O Brasil precisa de santos, o Brasil precisa de muitos santos!" 

O Brasil precisa muito de você..

Em tempos onde predomina o gnosticismo, pelagianismo, pós-verdade: as grandes mídias a serviço das grandes instituições, organizações, conglomerados financeiros internacional, manipula a consciência do povo, na conjuntura social econômica e politica, para no presente e no futuro próximo assumir agenda de governo, com aqueles que representa os interesses dos grandes bancos, e dentro deste mundo cruel das tecnologias que escraviza as pessoas, somos desafiados a ser livres, sendo igreja, e juntos lutar pela causa do povo que sofre, em especial os mais pobres.   

Me parece que é dentro deste contexto que somos chamados a cumprir a nossa missão, sendo igreja, comprometida com a "Casa Comum", que muitas vezes por inocência ou falta de conhecimento, sofre com as mazelas de nosso sistema de governo politico global, onde todos(as) estamos inseridos, e padecemos.

A Comissão Pastoral da Ação Social Transformadora, realizou nos dia 04 a 06 Maio na casa de encontros dos Freis Carmelitas na Vila Fanny, em Curitiba, o 9° Encontro das Pastorais Sociais e Organismos do Regional Sul 2 CNBB, com a participação dos representantes das 18 dioceses do Paraná, na coordenação de Jardel Neves Lopes, sendo o tema do encontro: Alegrai-vos e Exultai-vos ( Gaudete et Exultate )
Após reunião com as coordenações das Pastorais Sociais, aconteceu no sábado dia 05, na parte da manhã, estudo de análise de conjuntura econômica social com o cientista político, Masimo Della Justina, professor do Departamento de Ciências Econonomicas da PUCPR, mestre pela London School of Economics.
 Masimo, aprofundou análise conjuntural e Estrutural da economia e da política no contexto global, para que todas coordenações das Pastorais Sociais, compreendesse, como os grandes Países,
conglomerados financeiros, utiliza-se da boa fé das pessoas, influenciando através das grandes empresas, mídias, e  descarta as pessoas e governos em momentos oportuno de acordo com os interesses financeiros, para controle econômico e politico do País.
Na parte da tarde aconteceu estudo da nova encíclica do Papa Francisco: GAUDETE ET EXSULTATE, com o teólogo João Santana.
No domingo ás 7:30h o dia começou com a Santa Missa, presidida por Dom Francisco Cota, bispo referencial das Pastorais Sociais. 

Na sequência as coordenações das Pastorais Sociais do Regional Sul 2 CNBB, se reuniram com as coordenações das demais Pastorais, para dialogar, estudar como trabalhar a evangelização de nosso tempo em conjunto, com as demais Pastorais.

O encontro encerrou ás 12:00h, domingo dia 06 de Maio, com oração e benção dos sacerdotes presentes.

Obs: No vídeo á cima, selecionamos a fala da coordenação da Pastoral Carcerária, Pastoral indígena, com a reflexão de Dom Francisco Cota, e imagens do encontro. 

Em breve, publicaremos vídeos exclusivos de todas Pastorais Sociais, presente neste encontro.

Matéria: Tarcísio Cirino
07-05-2017


CONVITE A CONSELHOS PASTORAIS

No último sábado 23 de junho, lideranças das 07 Paróquias do Setor Colombo, participaram de uma manhã de formação na Paróquia Santa Terezinha de Lisieux, arquidiocese de Curitiba.

O evento de formação teve inicio com Pe.Regis Soczek Bandil, que motivou as lideranças e trabalhou de forma breve a "Exortação Apostólica Gaudete Et Exsultate, do Papa Francisco, onde fala sobre o chamado a santidade no mundo atual".

Na sequencia Dom Francisco Cota, motivou e orientou as lideranças, através dos documentos 100, 105, 106, 107 da CNBB. 

No vídeo á cima, uma pequena síntese, um aperitivo do que foi o encontro do Setor Colombo, com imagens onde Dom Francisco Cota, convida os meios de comunicação, rádios, mídias sociais, a divulgar o "Convite: Missa de 7° dia", conforme sátira no áudio e as orientações no vídeo, publicado à cima.

O encontro foi de alto nível, com a presença e animação do Grupo Afro, Pe.André Marmilicz CM, Pe.Tadeu Camilo, Pe.Jefferson Costa, diáconos, coordenadora: Josiane Andrade do Movimento de Capelinhas e Comissão 13, Coordenador do Setor Tarcísio Cirino, e cerca de 500 lideranças das 7 Paróquias do Setor Colombo, envolvidos com os trabalhos de Grupos de Reflexão.

Matéria: Tarcísio Cirino
25-06-2018

QUE MISTÉRIO TEM O PAPA?

Em tempos onde carteis, instituições, governos, utiliza os meios de comunicação, a serviço da manipulação das consciências em massa, viver o cristianismo é quase impossível e passou a ser para os santos.

Nos dias atuais é preciso urgente, um olhar, com consciência critica a realidade da conjuntura eclesial, politica, tal como ela é.

Diante do contexto, comunicar com competência e maestria estratégica, a verdade, para que a nossa geração, ou as próximas gerações, tenha consciência critica das forças e meios que governa as consciências em massa no mundo.

Com a força das grandes mídias, a religiosidade sem espiritualidade, deixou nossa geração carente, doente, e sem consciência critica.

A partir dai o homem de nosso tempo, preenche as suas carências na busca do culto ao corpo, procurando uma religião a seu gosto, buscando a felicidade no aplauso, e desta forma se preenche a carência afetiva, de onde nasce em nosso meio, em nosso tempo o grande mercado das seitas.

Em nosso tempo, quem quiser ser influente no presente para  mudar á conjuntura do mundo atual no presente, precisa amar o mundo no presente, saber escutar, discernir, e com maturidade na fé, comunicar até as últimas consequências. 

O Papa Francisco, é o modelo da comunicação no momento, pois fala na terra de Lutero, e domina com maturidade o terreno da comunicação no presente, com linguagem clara que todos compreendem, levando a boa noticia de Jesus Cristo, com a identidade da missão da igreja, sem medo da perseguição no presente.

Ideólogos fracassados se frusta, diante da comunicação do Papa Francisco, nas audiências ás quartas-feiras em Roma.

É um fenômeno de comunicação nas audiências, viagens, jornadas mundiais.  

E que mistério tem o Papa Francisco?

Milhões de pessoas de diversas idades e classes sociais, querem ouvir o Papa Francisco.

Jovens do mundo inteiro deixa o rock, para ouvir um Papa idoso, participando das jornadas mundiais da juventude.

É possível que a chave do mistério, seja uma consciência critica, atualizada para o nosso tempo, através da "Lectio Divina, com á Doutrina Social da Igreja, e maturidade na transmissão da Fé".

E Viva o Papa!!

Texto: Tarcísio Cirino
30-06-2018

DEUS COMUNICA PELAS ONDAS DO RÁDIO.

No barulho da cidade, metrópoles, grandes centros, lugarejos, periferias, é possível  ouvir o sinal que vem do alto e se conectar com Deus.

Deus se comunica com seu povo, através dos escolhidos, por ondas de rádio.

O interessante que caminhando em saída das cidades e chegando até os lugarejos, periferias, desertos, os sinais de rádio, internet, que o mundo oferece, não chega a esses lugares, e quando chega, vem muito fraco e com muitos ruídos.

Nestes lugares, em todos lugares, Deus continua a se comunicar, com os escolhidos através das ondas de rádio.

E talvez você está ai, se perguntando, mais onde Deus fala?

Em qual rádio, em qual freqüência, qual canal?

O receptor de rádio, o canal, é você mesmo, é através de você, através da sua consciência, é bem ali, na sua consciência, através das ondas eletromagnéticas do vento que vem do alto, que Deus fala comigo, com você, com sua voz, sua Palavra em nossas consciências.

Continuaremos esta matéria em breve, na 2° parte!!

Matéria: Tarcísio Cirino 
07-07-2018


PARA ONDE IREMOS? NEOPENTECOSTALISMO?

Em tempos de "Pós-Verdade", muito se tem falado, através das redes sociais, e nas rodas de conversas, que o Paraná é um laboratório, de onde-se exporta ás suas experiências para toda a igreja do Brasil. 


Não posso afirmar que isso seja verdade, o que posso fazer é compartilhar, com você, as experiências que vivi, trabalhando, coordenando e participando das missões, a nível de arquidiocese de Curitiba, em especial, a partir do ano 2000, e mais tarde fazendo parte da "Assembleia do Povo de Deus", Regional Sul II.

Em nossas reuniões, pós-missões 2000, entendia-se, que a grande problemática social das diversas comunidades, no que-se refere aos trabalhos das Pastorais e Movimentos Sociais, erá o crescimento das diversas denominações neopentecostais nos bairros, grupos e movimentos de raízes  "neopentecostal",  que crescia muito em todas comunidades católicas, trazendo dentro do contexto da época, sérios prejuízos a liturgia.

Estes movimentos de forma estratégica, oferecia as comunidades, os serviços que as instituições: igreja, escolas, sindicatos, governo, não fazia: E utilizando-se de escolas de formação de oratória para oração,pregação,louvor, atraia o povo, em especial os jovens, através da "emoção".

Com ferramentas de última geração,o neopentecostalismo, trabalhava as enfermidades existenciais de nosso século, através da mobilização da sociedade, para a pertença ao grupo,movimento, e procurava neutralizar no campo espiritual, e na sociedade com maestria o seu "inimigo", que entendia ser aqueles que pensa diferente, tendo como foco á "Teologia".

As formações de oratória dos leigos(as), funcionava, e o movimento crescia e produzia frutos bons, mais também nascia e crescia os frutos maus, com muitos excessos, através de radicais.  

Em nosso meio, nas reuniões, a quem pensava, que o único meio de corrigir os excessos dos grupos radicais, seria encontrar um Padre, que com conhecimento de causa, e "Equilíbrio",trabalhasse nesse meio.

Outros dizia que a solução era repensar os "Conselhos Pastorais das Paróquias", com um novo modelo de CCPs: onde todas coordenações de Pastorais, movimentos, se reunia junto ao Pároco, em reunião e realizava uma eleição para a escolha de uma coordenação geral, que passava a ser o responsável junto ao "Conselho Pastoral" da Paróquia; á realizar  o planejamento das atividades Pastorais,Liturgia, ficando as "Pastorais e Movimentos", responsável em realizar aquele planejamento, do CCPs, em todas comunidades, sendo patrocinados pelo CAE.

Em síntese, após as reuniões pós-missões o COMIDI: ficou responsável em trabalhar a organização e formação do novo modelo de "Conselho Pastoral CCPs", com a criação de COMIPAS, em todas Paróquias, e a implantação da infância missionária.

Na sequência foi organizado uma comissão de Padres, para trabalhar na formação do "Laicato", no que se refere a liturgia e cânticos nos "Setores Pastorais da arquidiocese de Curitiba", sendo: Pe.Gilson Camargo CM, Cônego Pedro Vílson Soares, Pe.Reginaldo Manzotti, e uma irmã religiosa.(Não lembro o nome)

Estas iniciativas contribuíram muito, no zelo a liturgia, cânticos litúrgicos, formação dos CCPs, e formação do laicato da arquidiocese de Curitiba.

Conclusão: Hoje quase 20 anos depois; Com o planejamento dos CCPs, que colocaram todos movimentos sociais e Pastorais dentro de um mesmo "Plano de Ação".

Em muitas Paróquias, onde não foi respeitado a história, espiritualidade, e planejamento dos movimentos, estes enfraqueceram, e outros entraram na UTI, e faleceram.

Mais os ramos do neopentecostalismo, continua muito vivo, em nossos dias, governando a comunicação e parte do que sobrou das muitas Pastorais e Movimentos Sociais, em nosso tempo.

Hoje com muitos na UTI, já existe quem pensa e defende que devemos formar uma "Pastoral Única", com todos(as) juntos.

A você, que está no futuro, escrevi a você, uma parte, uma síntese, do que vivenciamos, para que você conheça um pouco do passado, e construa, um projeto de futuro melhor, para todos, onde reine o amor a Paz e o Reino de Deus, aconteça.


Matéria: Tarcísio Cirino
11-03-2018

O BRASIL FOI ABALADO!! AGORA O CARAVAGGIO É COLOMBO..

Veiculo da Missão: Neste tempo de carreirismo, intolerância politica, religiosa, em nosso País; agravado pela corrupção e falta de valores morais em nosso tempo, presente nas  instituições e nos diversos seguimentos da sociedade global, que levaram o Brasil, a navegar com barco desgovernado, que acabou sendo naufragado em águas profundas. 

Maio, mês das mães, mês dedicado a Nossa Senhora, em tempo de missões, tempo de reflexão, onde o mês de maio 2018, ficará  marcado na história como sinal dos tempos, com famílias que não tiveram acesso a financiamentos para possuir a casa própria e por falta de renda familiar, foram morar em um prédio abandonado pelo governo federal do lado de uma igreja que também sofreu as consequências e foi destruída pelo prédio que desabou como uma torre em chamas, fogo, na noite escura, ceifando vidas de famílias excluídas da sociedade, em uma tragédia jamais visto nos últimos séculos, que sinaliza a realidade social, atual do pobre povo, onde as tecnologias de ponta a serviço da especulação financeira imobiliária, petrolífera,  levaram o Brasil, com a greve justa dos caminhoneiros que paralisou o País, e mergulhou o Brasil, nas trevas, em um profundo caos social. 
Diante do contexto social, nem tudo está perdido...

Existe esperança, existe salvação, existe a novidade que vem de Deus, existe Nossa Senhora e seu filho Jesus.
No último sábado 26 de maio, uma multidão, milhares de romeiros, do Setor Colombo, arquidiocese de Curitiba, saíram de madrugada de suas casas, com os pés no chão, e caminharam cerca 11 á 13 quilômetros, formando filas de quilômetros de cristãos, pelas longas estradas em oração até o Capivari, Capela São Pedro, com a presença de Dom Amilton Manoel da Silva , que participou da caminhada e presidiu a Santa Missa em ação de graças, pela 42° Festa de Nossa Senhora do Caravaggio, levando o povo de Deus, a uma profunda reflexão, no contexto social em que estamos vivendo.

No vídeo á cima, você pode visualizar parte das novidades com imagens, que mostra uma das maiores procissões de fé da igreja do Brasil, que acontece todos os anos, sem a necessidade de artistas para motivar o povo, pois o povo é de Fé e com Amor, trabalha na construção do Reino de Deus, com Maria e seu filho Jesus, com o suor do rosto e os calos das mãos, em uma espiritualidade encarnada na Cruz de Cristo. 

Dom Amilton Manoel: Agora o Caravaggio é Colombo, agora é sua casa, é sua comunidade religiosa, é sua comunidade eclesial..

Igreja em saída é aquela que caminha com Maria, nela se apoia, porque o apoio maior é Jesus, o bom Pastor, que nos dirige e nos conduz.

Viva Nossa Senhora do Caravaggio!!

Matéria: Tarcísio Cirino
27-05-2018