segunda-feira, 30 de julho de 2018

TRÁFICO DE SERES HUMANOS

Tráfico de seres humanos, crime vergonhoso diz Papa Francisco

"É responsabilidade de todos denunciar as injustiças e combater firmemente esse crime vergonhoso”, disse o Papa Francisco no Angelus deste domingo ao referir-se ao o Dia Mundial contra o Tráfico de Seres Humanos que recorre nesta segunda-feira, 30 de julho.
Jackson Erpen – Cidade do Vaticano
Um “crime vergonhoso” que deve ser combatido e denunciado por todos. Assim o Papa Francisco referiu-se no Angelus deste domingo ao tráfico de seres humanos:
Amanhã recorre o Dia Mundial contra o Tráfico de Seres Humanos, promovido pelas Nações Unidas. Esta chaga escraviza muitos homens, mulheres e crianças para fins de exploração no trabalho e sexual, do comércio de órgãos, da mendicância e da delinquência forçada. Mesmo aqui, em Roma. As rotas de migração também costumam ser usadas por traficantes e exploradores para recrutar novas vítimas de tráfico. É responsabilidade de todos denunciar as injustiças e combater firmemente esse crime vergonhoso”.
O tráfico de seres humanos fatura cerca de 150 bilhões de dólares em todo o mundo. “O lucro da escravidão deve parar agora! Esses corpos não estão à venda”, diz uma campanha promovida pelo Dicastério para o serviço do Desenvolvimento Humano Integral.

Crianças, um terço das vítimas

 

Um relatório divulgado no sábado, 28, pelo UNICEF e pelo Grupo de Coordenação Interagências contra o Tráfico de Seres Humanos (ICAT), denuncia que cerca de 28% das vítimas do tráfico em nível mundial são crianças.
Em regiões como a África Subsaariana e a América Central e Caribe, as crianças constituem um percentual ainda maior das vítimas de tráfico identificadas, respectivamente 64% e 62%.
Mas o número pode ser bem maior, visto que raramente as crianças são identificadas como vítimas do tráfico, além da falta de informações, entre outros fatores.

Assim, as crianças refugiadas, migrantes e deslocadas são categorias particularmente vulneráveis ao tráfico. Escapando das guerras ou violências, ou em busca de melhores oportunidades de formação ou sustento, um número exíguo de crianças encontra o caminho para deslocar-se regularmente e em segurança com suas famílias. Isso faz com que aumente a probabilidade de que estas crianças e seus familiares usem rotas irregulares e mais perigosas.
“O tráfico é uma ameaça extremamente concreta para milhões de crianças no mundo, especialmente para aquelas que foram forçadas a deixar suas casas e comunidades sem uma proteção adequada", disse a diretora-geral do UNICEF, Henrietta Fore. "Essas crianças necessitam urgentemente que os governos intensifiquem e adotem medidas para mantê-las seguras".
O UNICEF e o ICAT continuam a pedir a implementação de políticas governamentais e soluções que transcendam as fronteiras, para manter estas crianças seguras, como aumentar os caminhos seguros e legais para os deslocamentos, fortalecimento dos sistemas de proteção social e que permitam prevenir, identificar, orientar e responder aos casos de tráfico, violência, abusos e exploração contra crianças.
Fonte: Vatican News

NOTA FALECIMENTO: Pe. MAURÍCIO CAMATTI


Com pesar comunicamos que nesta última madrugada, hoje 28, na BR 277 entre as cidades de São Miguel do Iguaçu e Foz do Iguaçu em acidente de carro que colidiu na traseira de um caminhão carreta, faleceu Pe.Maurício Camatti 31 anos, Pároco da Paróquia Nossa Senhora das Graças na diocese de Foz do Iguaçu e atuava nas Pastorais Sociais na luta contra o tráfico de pessoas.

Em Nota: "a diocese de Foz do Iguaçu, manifesta a seus familiares, amigos e paroquianos nossa unidade neste momento de dor e eleva a Deus preces por seu descanso eterno. Que Deus tenha misericórdia e console a todos".

O ACIDENTE

Pe. Maurício Camatti, era o condutor do veiculo Voyage, que colidiu na traseira de uma carreta no quilometro 701 da rodovia, não resistiu os ferimentos e faleceu na hora. As causas do acidente estão sendo apuradas e a principal hipótese é que o Padre sofreu um mal súbito.

Informações sobre velório
Domingo 29 ás 10:00h  Missa de Corpo presente:
na comunidade Cabeceiro do Represo. ( Medianeira)

11:00h sepultamento cemitério municipal da cidade Medianeira PR

Nota: 28-07-2018

COMUNICAR PARA A SOCIEDADE!!

Nunca assisti a programação da TV Record, e esta semana diante da grande repercussão das novelas da emissora na sociedade, que segundo informações pode estar muito á frente na audiência da Globo e outras emissoras de TVs, no que se refere a ibope, e diante do marketing resolvi assistir o lançamento da novela JESUS.


Tenho minhas criticas quanto a manipulação das consciências, através dos personagens bíblicos no contexto histórico, cultural da época, e fico refletindo em minha consciência o grande desafio que todos nós comunicadores cristãos, temos em nosso tempo, que é "Comunicar para a Sociedade". 

É possível que o grande erro que estamos realizando em nosso tempo é evangelizar para nós mesmo, em nossos "Studios, grupos whatsapp, redes sociais, onde os seus amigos são os meus amigos e comunicamos para nós mesmo em um aquário, gerando apenas Status."

Obs: Continuamos esta reflexão em uma próxima publicação.. 


Matéria: Tarcísio Cirino
26-07-2018

sábado, 28 de julho de 2018

ELIMINAR DO MUNDO OS MUROS DA DIVISÃO!!

Mensagem de Francisco aos participantes da III Conferência mundial sobre “Ética teológica católica na Igreja”, que se realiza em Sarajevo, na Bósnia-Herzegovina

O Papa Francisco enviou uma Mensagem, nesta sexta-feira (27/7), aos participantes da III Conferência mundial sobre “Ética teológica católica na Igreja”, que se realiza, até o próximo domingo (29/7), em Sarajevo, na Bósnia-Herzegovina. O tema dos trabalhos, que se iniciaram nesta quinta-feira (26/7), é “Um momento crítico para a construção de pontes: ética teológica católica, hoje”.

Em sua Mensagem, o Santo Padre recorda que, Sarajevo é uma cidade repleta de valor simbólico para o caminho de reconciliação e pacificação, depois dos horrores de uma guerra recente, que causou tantos sofrimentos aos seus povos
Sarajevo, diz ainda o Papa, é uma cidade de pontes. Por isso, esta Conferência mundial quis inspirar-se neste símbolo para reconstruir, em um clima de divisões e tensões, novos caminhos de aproximação entre povos, culturas, religiões, visões da vida, orientações políticas.
O tema deste encontro, afirma Francisco, coloca-se em uma perspectiva, sobre a qual ele mesmo se referiu, várias vezes, ou seja, “construir pontes e não muros”. Trata-se de colher todos os sinais, sem renunciar à prudência, e mobilizar todas as energias para eliminar do mundo os muros da divisão e construir pontes de fraternidade.
Com efeito, os pontos focais da Conferência cruzam-se, no fundo, com este caminho de construção de pontes, em uma época crítica como a nossa.
O desafio ecológico, recordou o Papa, é colocado pelos conferencistas ao centro da atenção, porque contém aspectos que podem causar graves desiquilíbrios, não só entre o homem e a natureza, mas também nas relações entre as gerações e entre os povos. Tal desafio refere-se ao horizonte de compreensão da ética ecológica e da ética social.
Por isso, a referência que os conferencistas fazem em seu encontro sobre o tema dos migrantes e refugiados, é muito oportuna para Francisco porque é um tema muito sério, que leva a uma profunda reflexão ético-teológica, antes de sugerir ações pastorais adequadas e praxes políticas responsáveis e conscientes.
Em um cenário tão complicado e complexo é preciso uma liderança renovada, que ajude a descobrir um modo mais justo de viver no mundo, como participantes de um destino comum.
A ética teológica, afirma o Papa, oferece uma contribuição específica para que, nos cinco Continentes, haja uma rede de reflexão ética, em chave teológica, para encontrar recursos novos e eficazes para o drama humano, que seja acompanhado com cuidado misericordioso, diálogo e confronto.
Neste sentido, o Santo Padre citou seu documento “Veritatis gaudium”, onde propõe critérios sobre a importância do diálogo que está à base da abertura inter e transdisciplinar e indica a necessidade urgente de “tecer redes” entre as instituições que cultivam e promovem estudos eclesiológicos.
Francisco concluiu sua Mensagem fazendo um apelo aos conferencistas, que são cultores da ética teológica, encorajando-os a se dedicarem com afinco ao diálogo e ao lançamento de redes. Desta forma, poderão aprender a ser fiéis à Palavra de Deus, que nos interpela na história, e à solidariedade com o mundo, propondo meios e instrumentos para aliviar as feridas e fragilidades humanas.
Fonte: Vatican News

CAMPO LARGO COMEMORA 66ª FESTA DE SÃO CRISTÓVÃO, PARTÍCIPE!!

 Campo Largo comemora 66ª Festa de São Cristóvão neste domingo (29)

Fiéis participam de procissão em homenagem ao padroeiro dos viajantes, motoristas e taxistas
A tradicional Festa de São Cristóvão chega à sua 66ª edição e será celebrada neste próximo domingo, dia 29 de julho, na paróquia São Sebastião em Rondinha, Campo Largo.

A programação começa às 9 horas com bênção dos motoristas e início da procissão motorizada saindo da Praça da Schmidt até o viaduto de Rondinha, finalizando com a bênção dos veículos que se estende até às 18 horas.

Equipes da Guarda Municipal, Polícia Militar, Detran e Defesa Civil estarão presentes para prestar apoio na orientação e fiscalização do evento.

Às 10h30 Santa Missa na Paróquia São Sebastião, presidida pelo Padre João Batista Chemin, pároco local, seguida do almoço e Festival de Prêmios.

Sobre São Cristóvão
Réprobo assumiu o nome de Cristóvão (carregador de Cristo) e por isso é considerado o padroeiro dos motoristas, condutores e viajantes já que um dia carregou o menino Jesus nos ombros. Sua imagem representa exatamente esse momento: o menino Jesus em seus ombros e o cajado na mão. 

Serviço:
66ª Festa de São Cristóvão
Local: Paróquia São Sebastião - Endereço: Rondinha, Campo Largo - PR
Dia 29 de julho às 9:00
Informações: (41) 3555-1565

O REINO DE DEUS, ESTÁ NO MEIO DE NÓS, EM NOSSO CORAÇÃO, NA NOSSA CONSCIÊNCIA!!

"O Reino de Deus é como uma semente de mostarda"
Nos dias de Jesus, Israel estava sob o domínio opressor dos Romanos, e eram obrigados a pagar altas taxas aos seus dominadores e viviam sob grande humilhação. 
Os judeus acreditava que quando o Messias chegasse e estivesse no meio deles,  iria se tornar o rei de Israel, comandando as tropas para os libertar do jugo romano, no entanto Jesus veio cumprir uma missão muito maior do que eles tinham imaginado, mais não compreenderam.
As gerações do tempo de Jesus, inclusive os seus discípulos acreditava que Ele o Messias, iria derrotar a supremacia Romana.
 Diante das expectativas da chegada do Messias, ficaram frustados, pois não compreenderam  a mensagem do missionário enviado pelo Pai, com o novo projeto, do reino de Deus. 
João 18:36: “O meu reino não é deste mundo, se o meu reino fosse deste mundo, os meus súditos teriam combatido para que eu não fosse entregue aos judeus. Mas meu reino não é daqui”.
O missionário Jesus, anunciou um novo reino, com a finalidade de libertar o povo do jugo que escravizava através da ignorância a fim de anunciar o reino de Deus, com perdão, justiça, amor, verdade. 
 Fundou um reino que não é governado por governantes corruptos, mas um novo reino que começa neste mundo e já está em nosso meio, no meio de nós, através daqueles(as) que "Ele mesmo chamou pelo nome".
Texto: Tarcísio Cirino
20-07-2018

sexta-feira, 27 de julho de 2018

PARA ONDE IREMOS? NEOPENTECOSTALISMO?

Em tempos de "Pós-Verdade", muito se tem falado, através das redes sociais, e nas rodas de conversas, que o Paraná é um laboratório, de onde-se exporta ás suas experiências para toda a igreja do Brasil. 


Não posso afirmar que isso seja verdade, o que posso fazer é compartilhar, com você, as experiências que vivi, trabalhando, coordenando e participando das missões, a nível de arquidiocese de Curitiba, em especial, a partir do ano 2000, e mais tarde fazendo parte da "Assembleia do Povo de Deus", Regional Sul II.

Em nossas reuniões, pós-missões 2000, entendia-se, que a grande problemática social das diversas comunidades, no que-se refere aos trabalhos das Pastorais e Movimentos Sociais, erá o crescimento das diversas denominações neopentecostais nos bairros, grupos e movimentos de raízes  "neopentecostal",  que crescia muito em todas comunidades católicas, trazendo dentro do contexto da época, sérios prejuízos a liturgia.

Estes movimentos de forma estratégica, oferecia as comunidades, os serviços que as instituições: igreja, escolas, sindicatos, governo, não fazia: E utilizando-se de escolas de formação de oratória para oração,pregação,louvor, atraia o povo, em especial os jovens, através da "emoção".

Com ferramentas de última geração,o neopentecostalismo, trabalhava as enfermidades existenciais de nosso século, através da mobilização da sociedade, para a pertença ao grupo,movimento, e procurava neutralizar no campo espiritual, e na sociedade com maestria o seu "inimigo", que entendia ser aqueles que pensa diferente, tendo como foco á "Teologia".

As formações de oratória dos leigos(as), funcionava, e o movimento crescia e produzia frutos bons, mais também nascia e crescia os frutos maus, com muitos excessos, através de radicais.  

Em nosso meio, nas reuniões, a quem pensava, que o único meio de corrigir os excessos dos grupos radicais, seria encontrar um Padre, que com conhecimento de causa, e "Equilíbrio",trabalhasse nesse meio.

Outros dizia que a solução era repensar os "Conselhos Pastorais das Paróquias", com um novo modelo de CCPs: onde todas coordenações de Pastorais, movimentos, se reunia junto ao Pároco, em reunião e realizava uma eleição para a escolha de uma coordenação geral, que passava a ser o responsável junto ao "Conselho Pastoral" da Paróquia; á realizar  o planejamento das atividades Pastorais,Liturgia, ficando as "Pastorais e Movimentos", responsável em realizar aquele planejamento, do CCPs, em todas comunidades, sendo patrocinados pelo CAE.

Em síntese, após as reuniões pós-missões o COMIDI: ficou responsável em trabalhar a organização e formação do novo modelo de "Conselho Pastoral CCPs", com a criação de COMIPAS, em todas Paróquias, e a implantação da infância missionária.

Na sequência foi organizado uma comissão de Padres, para trabalhar na formação do "Laicato", no que se refere a liturgia e cânticos nos "Setores Pastorais da arquidiocese de Curitiba", sendo: Pe.Gilson Camargo CM, Cônego Pedro Vílson Soares, Pe.Reginaldo Manzotti, e uma irmã religiosa.(Não lembro o nome)

Estas iniciativas contribuíram muito, no zelo a liturgia, cânticos litúrgicos, formação dos CCPs, e formação do laicato da arquidiocese de Curitiba.

Conclusão: Hoje quase 20 anos depois; Com o planejamento dos CCPs, que colocaram todos movimentos sociais e Pastorais dentro de um mesmo "Plano de Ação".

Em muitas Paróquias, onde não foi respeitado a história, espiritualidade, e planejamento dos movimentos, estes enfraqueceram, e outros entraram na UTI, e faleceram.

Mais os ramos do neopentecostalismo, continua muito vivo, em nossos dias, governando a comunicação e parte do que sobrou das muitas Pastorais e Movimentos Sociais, em nosso tempo.

Hoje com muitos na UTI, já existe quem pensa e defende que devemos formar uma "Pastoral Única", com todos(as) juntos.

A você, que está no futuro, escrevi a você, uma parte, uma síntese, do que vivenciamos, para que você conheça um pouco do passado, e construa, um projeto de futuro melhor, para todos, onde reine o amor a Paz e o Reino de Deus, aconteça.


Matéria: Tarcísio Cirino
11-03-2018

quarta-feira, 18 de julho de 2018

O GRITO DO PAPA EM PROL DO MEIO AMBIENTE.

                                            

A Laudato Si é o grito do Papa em prol do meio ambiente

O Dicastério para o Desenvolvimento Humano Integral lançou um vídeo sobre o Congresso Internacional que marcou os três anos da publicação da Encíclica do Papa. Dom Leonardo Steiner faz seu balanço do evento no Vaticano.
Bianca Fraccalvieri – Cidade do Vaticano
O mercado é sem rosto, é impessoal: tem a ver com consumo, lucro, dominação e destruição: palavras do Secretário-Geral da CNBB, Dom Leonardo Steiner, comentando o congresso que marcou os três anos da Laudato Si do Papa Francisco.
O Dicastério para o Desenvolvimento Humano Integral foi o promotor do evento e lançou sexta-feira passada o vídeo contando os dias de trabalhos no Vaticano.
Dom Leonardo fez um balanço positivo do Congresso, recordando que a Laudato Si foi um grito do Papa e da Igreja a favor do meio ambiente.
Fonte: Vatican News

DEUS COMUNICA PELAS ONDAS DO RÁDIO.

No barulho da cidade, metrópoles, grandes centros, lugarejos, periferias, é possível  ouvir o sinal que vem do alto e se conectar com Deus.

Deus se comunica com seu povo, através dos escolhidos, por ondas de rádio.

O interessante que caminhando em saída das cidades e chegando até os lugarejos, periferias, desertos, os sinais de rádio, internet, que o mundo oferece, não chega a esses lugares, e quando chega, vem muito fraco e com muitos ruídos.

Nestes lugares, em todos lugares, Deus continua a se comunicar, com os escolhidos através das ondas de rádio.

E talvez você está ai, se perguntando, mais onde Deus fala?

Em qual rádio, em qual freqüência, qual canal?

O receptor de rádio, o canal, é você mesmo, é através de você, através da sua consciência, é bem ali, na sua consciência, através das ondas eletromagnéticas do vento que vem do alto, que Deus fala comigo, com você, com sua voz, sua Palavra em nossas consciências.

Continuaremos esta matéria em breve, na 2° parte!!

Matéria: Tarcísio Cirino 
07-07-2018


terça-feira, 17 de julho de 2018

O BRASIL FOI ABALADO!! AGORA O CARAVAGGIO É COLOMBO..

Veiculo da Missão: Em tempos de carreirismo, intolerância politica, religiosa, em nosso País; agravado pela corrupção e falta de valores morais em nosso tempo, presente nas  instituições e nos diversos seguimentos da sociedade global, que levaram o Brasil, a navegar com barco desgovernado, que acabou sendo naufragado em águas profundas. 

Maio, mês das mães, mês dedicado a Nossa Senhora, em tempo de missões, tempo de reflexão, onde o mês de maio 2018, ficará  marcado na história como sinal dos tempos, com famílias que não tiveram acesso a financiamentos para possuir a casa própria e por falta de renda familiar, foram morar em um prédio abandonado pelo governo federal do lado de uma igreja que também sofreu as consequências e foi destruída pelo prédio que desabou como uma torre em chamas, fogo, na noite escura, ceifando vidas de famílias excluídas da sociedade, em uma tragédia jamais visto nos últimos séculos, que sinaliza a realidade social, atual, do pobre povo, onde as tecnologias de ponta a serviço da especulação financeira imobiliária, petrolífera,  levaram o Brasil, com a greve justa dos caminhoneiros que paralisou o País, e mergulhou o Brasil, nas trevas, em um profundo caos social. 
Diante do contexto social, nem tudo está perdido...

Existe esperança, existe salvação, existe a novidade que vem de Deus, existe Nossa Senhora e seu filho Jesus.
No último sábado 26 de maio, uma multidão, milhares de romeiros, do Setor Colombo, arquidiocese de Curitiba, saíram de madrugada de suas casas, com os pés no chão, e caminharam cerca 11 á 13 quilômetros, formando filas de quilômetros de cristãos, pelas longas estradas em oração até o Capivari, Capela São Pedro, com a presença de Dom Amilton Manoel da Silva , que participou da caminhada e presidiu a Santa Missa em ação de graças, pela 42° Festa de Nossa Senhora do Caravaggio, levando o povo de Deus, a uma profunda reflexão, no contexto social em que estamos vivendo.

No vídeo á cima, você pode visualizar parte das novidades com imagens, que mostra uma das maiores procissões de fé da igreja do Brasil, que acontece todos os anos, sem a necessidade de artistas para motivar o povo, pois o povo é de Fé e com Amor, trabalha na construção do Reino de Deus, com Maria e seu filho Jesus, com o suor do rosto e os calos das mãos, em uma espiritualidade encarnada na Cruz de Cristo. 

Dom Amilton Manoel: Agora o Caravaggio é Colombo, agora é sua casa, é sua comunidade religiosa, é sua comunidade eclesial..

Igreja em saída é aquela que caminha com Maria, nela se apoia, porque o apoio maior é Jesus, o bom Pastor, que nos dirige e nos conduz.

Viva Nossa Senhora do Caravaggio!!

Matéria: Tarcísio Cirino
27-05-2018
  

quinta-feira, 12 de julho de 2018

Festa de Nossa Senhora do Carmo, em Curitiba, acontece de 13 a 16 de julho

A tradicional Festa em honra a Nossa Senhora do Carmo faz parte do calendário turístico do Estado do Paraná. Uma tradição de 64 anos e que reúne milhares de pessoas, tanto da capital paranaense, como também de outras cidades e estados. Cerca de 40 mil pessoas devem passar pelo Santuário nos quatro dias da festa.
Em 2018, o Santuário Nossa Senhora do Carmo tem um motivo a mais para comemorar: são 20 anos de celebrações do Novenário Perpétuo em honra a Nossa Senhora do Carmo, 20 anos de bênçãos recebidas.
Neste ano, a Festa em honra a Nossa Senhora do Carmo acontece de 13 a 16 de julho com uma programação preparada com muito carinho para todas as idades e que pretende ser um local de concentração de fé e confraternização das famílias e comunidades.

Festividades
Durante os quatro dias da festa, promovemos a devoção a Nossa Senhora do Carmo, por meio da cultura, da solidariedade e espiritualidade.
Além do tríduo preparatório, haverá praça de alimentação, shows de artistas locais e nacionais, como a dupla Alvaro e Daniel, atividades para crianças, festival de prêmios, passeio ciclístico e diversas outras atrações.

Uma das novidades é a exposição fotográfica comemorativa aos 20 anos do Novenário Perpétuo, um acervo histórico do bairro, da vida, do dia a dia e da devoção do Santuário Nossa Senhora do Carmo. São registros do próprio Santuário e pessoais dos féis que contribuíram para a construção deste local de fé e devoção. São muito mais de 20 anos de história que agora serão compartilhados, pela primeira vez, em um painel fotográfico reunindo mais de cem fotos e depoimentos.

Programa-se, traga sua família, convide seus amigos e venha prestar sua homenagem a Nossa Senhora do Carmo.

Santuário Nossa Senhora do Carmo: Um centro de referência religiosa
O Santuário Nossa Senhora do Carmo é um dos locais de maior concentração de devotos da Virgem Maria em Curitiba. Fundado como paróquia no ano de 1954 e elevado ao grau de Santuário em 2001, desenvolve hoje diversas atividades religiosas, sendo um grande templo de evangelização e fortalecimento da fé cristã.
A partir da reforma realizada de 2005 a 2007, o Santuário passou a contar com uma infraestrutura de 1.900m2 de construção para abrigar 1.000 pessoas sentadas. Compõem ainda a edificação do Santuário: uma torre, um portal e os sinos com mais de 1.200 quilos. O piso e os belíssimos vitrais são destaques entre as Igrejas da cidade de Curitiba.
 Novenário perpétuo: Exercício de fé cristã
Todas as quartas-feiras o Santuário celebra a novena perpétua em honra a sua padroeira em 15 horários diferentes. Desde que foi implantada, em 1998, são inúmeros os testemunhos recebidos sobre graças alcançadas por intercessão de Nossa Senhora do Carmo. Os temas de cada novenário são específicos, mas sempre relacionados às questões da vivência em família, orientados pelas necessidades espirituais dos devotos. A numerosa frequência de fiéis às celebrações não se limita aos paroquianos, mas atinge a cidade de Curitiba, Região Metropolitana e também outros municípios.

Programação 2018
Sexta-Feira dia 13/07/2018 – 1º Dia do Tríduo
Tema: Maria, morada do Espírito Santo
18:00 – Abertura da Praça de Alimentação
19:00 – Missa Festiva presidida por Dom Francisco Cota de Oliveira
20:30 – Show com lançamento do CD do Ministério Filhos de Maria
23:00 – Encerramento da Praça de Alimentação

Sábado dia 14/07/2018 – 2º Dia do Tríduo
Tema: Maria, educadora e discípula do Filho
09:30 – Passeio Ciclístico – Pedalando com Maria
10:00 – Abertura da Praça de Alimentação
13:00 – Atividade para as crianças (brincadeiras, teatros, gincana)
15:30 – Missa Festiva presidida pelo Pe. Marcondes Martins Barbosa com a Infância missionária e catequese
16:30 – Show de Talentos
19:00 – Missa Festiva presidida por Dom José Antônio Peruzzo
20:00 – Show com o Ministério Mãe de Pentecostes
21:00 – Show com o lançamento do CD da dupla Alvaro e Daniel*
23:00 – Encerramento da Praça de Alimentação

Domingo dia 15/07/2018 – 3º Dia do Tríduo
Tema: Maria, a amiga de Deus, a agraciada e cheia de graça
08:00 – Missa Festiva presidida pelo Pe. Marcondes Martins Barbosa
09:00 – Abertura da Praça de Alimentação
09:00 – Venda de Churrasco para viagem
10:00 – Missa Festiva presidida pelo Pe. Luiz Alberto Kleina
12:00 – Missa Festiva presidida pelo Pe. Everton da Roza Lara
12:00 – Almoço com tradicional churrasco, maionese e risoto
12:00 – Show com Gabriel do Ministério Farol e Luz
14:00 – Show de Prêmios
17:30 – Encerramento da Praça de Alimentação
18:00 – Missa Festiva presidida pelo Pe. Anderson Mathias Bonin Bueno

Segunda-feira dia 16/07/2018
Tema: 20 anos de Bênçãos com Nossa Senhora do Carmo
15:00 – Missa Solene presidida pelo Pe. Marcondes Martins Barbosa
19:00 – Missa Solene presidida por Dom Amilton Manoel da Silva – Distribuição do Bolo de Nossa Senhora do Carmo (após a missa)
*1 ingresso = 1kg de alimento (limitado a 1 ingresso por pessoa) 
Serviço:
Festa de Nossa Senhora do Carmo

De 13 a 16 de julho de 2018

Santuário Nossa Senhora do Carmo – Av. Marechal Floriano Peixoto, 8520 – Curitiba/ PR
Pároco e reitor: Padre Marcondes Martins Barbosa
Vigários paroquiais: Padre Anderson Bonin e Padre Everton da Roza Lara
Secretaria Paroquial: (41) 3276-1936

Assessoria de Imprensa: – Stephany Bravos