quinta-feira, 5 de dezembro de 2019

PODERÁ LEVAR DÉCADAS PARA SAIR DA PENUMBRA - DIA MUNDIAL DOS POBRES.

O dia mundial dos pobres chegou com o ano litúrgico terminando e com as estatísticas mostrando crescente de conflitos étnicos e religiosos no mundo.

Diante do contexto atual o cristianismo necessita passar por uma fiel reflexão sobre o mistério de Deus Pai, seu filho Jesus Cristo e sua Igreja, pois sem uma sã leitura orante, em harmonia com a fé e a razão, parte da missão dos movimentos sociais e Pastorais, poderá levar décadas para sair da penumbra.

Nos últimos anos, a cobiça dos ramos do neopentecostalismo, foram cruel, mudando a estrutura do subsídio de evangelização que nasceu com o saudoso Bispo dos pobres e dos movimentos sociais, comunidades de base e a partir dali, chegamos em 2019, com lideranças sendo engessadas por comissão; sendo que o movimento da espiritualidade do silêncio, que dava sustentação a missão da Igreja doméstica, pode também ter entrado em penumbra.

Como evangelizar, se não conseguimos visualizar a nossa volta e interpretar os sinais de Deus no tempo, através da natureza? Creio que a começar por mim, falta a conversão.

É preciso visualizar o mundo com os olhos de Deus!

Pois bem, o Papai Noel já está chegando, um novo ano vai começar, as praias e aeroportos ficarão lotados.

Em breve vem a quarta-feira de cinzas, com o inicio da Campanha da Fraternidade 2020, e assim recomeça a rotina do ano, ou se renova as esperanças de mudanças, feito com responsabilidade fruto da oração que vem da reflexão. 

Pensar como Jesus Pensou, ajuda a todos nós que fazemos parte do Corpo de Cristo, a viver sem medo da perseguição, pois a esperança dos pobres jamais se frustrará.

Nossa Reflexão: Tarcísio Cirino
17-11-2019

Nenhum comentário:

Postar um comentário