terça-feira, 4 de maio de 2021

REFLEXÃO: SABE MÃE - A TODOS UM FELIZ DIA DA MÃES.


Sabe Mãe: a saudade é imensa, não sei ser um romancista e através desta mensagem, quero compartilhar com a Senhora, um pouco do que sinto em nossa caminhada.

Desde a criação da humanidade, a casa comum está  passando por mudanças e diante do progresso da ciência e avanços tecnológicos industriais, a torre foi sendo reconstruída, ultrapassamos as fronteiras e chegamos às estrelas.

Sabe Mãe, em momentos de reflexão, os textos bíblicos que mais crescem aos meus olhos, na difícil travessia pandêmica que estamos vivendo hoje, é quando o Senhor fala: Eu endurecerei o coração do faraó.

Na modernidade, Mãe, a sociedade regrediu e diante ao advento da internet, em meio ás diversidades e desigualdades sociais, a sociedade se transformou em um condomínio tribal, uma comunidade onde para muitos da sociedade, rezar o terço ou possuir a bíblia para refletir e dialogar com Deus é inútil, e já não significa nada. 

Diante do contexto, somos como servidores da modernidade e, presos as plataformas ou tecnologias digitais, em uma espécie de campo de concentração, ainda existem por aqui uma minoria que acredita em Deus e não foram manipulados em suas consciências pelo sistema. 

Na força da oração, os amigos lutam com o suor do rosto e os calos das mãos, pela sobrevivência e valores de família que receberam dos antepassados, trabalhando na alegria da missão, na firme esperança, que através da FÉ, possam encontrar à liberdade e a verdadeira felicidade.

Mãe, no campo de concentração somos como os pássaros, e  por vezes, no banho de sol fico observando os Pardais e é o máximo, eles são invisíveis aos interesses dos sistemas e esquemas desse mundo, e por isso estão livres, felizes em paz; já os canarinhos e outros passarinhos, estão acorrentados ou presos em uma gaiola, para preservar ás suas espécies de servidores. 

Sinto Mãe, que o corporativismo não é a unidade, e parece que na última década, muitos dos que foram  trocar lâmpadas no campo de concentração, perderam a luz e desaprenderam o que é missão, desaprendemos o que é ser missionários, o que é ser Igreja, o que é ser um cristão católico.

Parece que uma diocese ou paróquia que agregam, dezenas e dezenas de pastorais e movimentos, não possuem uma riqueza e sim servidores que administram uma comunidade, fragmentada e dividida.

Sabe Mãe - se possível, intercede por todas famílias, em nossas dificuldades, pois hoje, a melhor vacina para vencer o vírus das pandemias, é aquela que recupera às consciências da sociedade, em prol da salvação da humanidade. 

Desejamos a todos, um Feliz dia das Mães

Nossa Reflexão: Tarcísio Cirino